Histórico

No final de de 1992, quando o Monsenhor Jonas Abib regressava de uma viagem ao exterior, reuniu toda a comunidade e partilhou como tinha sido a viagem e, principalmente, o que Nossa Senhora de Fátima tinha depositado no seu coração.

Passados 5 anos, o então Padre Jonas Abib retornou a Fátima e começou nesse momento a dar os primeiros passos, ajudado pela Irmã Maria Etiene.

Em conversa com o Sr. Bispo Dom Serafim, o Monsenhor Jonas apresentou-lhe a Comunidade Canção Nova e o Sr. Bispo por sua vez manifestou o desejo de uma Casa da Comunidade na sua diocese.

No dia 22 de agosto de 1998, um sábado, chegaram os primeiros missionários da Canção Nova para viver numa freguesia chamada Calvaria.
No aeroporto à espera, estava a Irmã Etiene, que também foi o meio utilizado por Deus na vinda da Comunidade para Portugal, pois foi ela a intermediária entre o Monsenhor Jonas Abib e o Sr. Bispo Dom Serafim.

Estando na Calvaria, a vida acontecia de maneira muito simples cuidando das coisas da casa, cultivando a vida de oração, participando no grupo de oração da aldeia, auxiliando na Eucaristia para os doentes, e realizando alguns encontros de oração de jovens noutras localidades.

Vivemos durante um ano e dez meses nesta casa, realizando as atividades missionárias até que, através da visita do Monsenhor Jonas Abib, Deus mostrou que era hora de sermos transplantados, nesta época já eramos cinco missionários. Após uma conversa com o Sr. Bispo, este ofereceu-nos uma Casa chamada Maranatha, que pertencia ao seminário diocesano e estava vazia , e um amigo ofereceu-nos o restauro da casa. Então, em junho, de 2000 mudámos para Leiria.

Durante este período, visitávamos vários grupos de oração da diocese de Leiria e realizámos algumas missões do norte ao sul do país; também começámos aí alguns trabalhos televisivos com a primeira câmara ‘Beta’ da Canção Nova que veio de Roma. Foi assim que iniciámos a transmissão de alguns acontecimentos do Santuário de Fátima e a gravar alguns programas cujo cenário era ao ar livre e debaixo das árvores muitas vezes, pois não possuíamos estrutura nem condições financeiras para termos um estúdio.

Em outubro desse mesmo ano chegou um novo grupo de missionários para auxiliar na missão, com eles estava o Pe. Carlos. Com isso nossas atividades missionárias avançaram mais ainda, com um aumento considerável das missões pelo país.

Diante das muitas visitas a Grupos de Orações e missões por Portugal, o povo começou a manifestar a necessidade e desejo de terem as músicas que cantávamos nestas missões, foi então que começámos no sótão da nossa casa um trabalho, que era gravar cassetes de música para distribuir ao povo, este trabalho ajudou muito no crescimento da missão.

Até que em maio de 2001, abraçámos o desafio de fazermos a nossa primeira transmissão das festividades da Peregrinação Aniversária do 12 e 13 de maio, em Fátima. No dia 11 de Maio de 2001, assinámos o nosso 1º contrato com a TV Cabo onde, a partir daí, já transmitíamos a nossa programação para Portugal.

Para essa transmissão vieram todos os equipamentos da produtora Canção Nova em Roma, e também todos os missionários para nos auxiliar.

Após a transmissão, em reunião com a comunidade, o Eto (Wellington da Silva Jardim) e o Monsenhor trouxeram-nos a decisão de não só manter a Comunidade mas também a Televisão Canção Nova, para que pudéssemos transmitir a mensagem de Fátima para todo o mundo. Então, o Eto decidiu que os equipamentos e todos os missionários permaneceriam em Portugal.

Assim demos início à produtora da televisão. Vimos nisso um grande fruto da nossa fidelidade, pois com aquela simples câmara, Deus multiplicou e deu-nos não só a câmara, mas muitos equipamentos, para seguirmos adiante com a Televisão Canção Nova em Portugal.

Com o crescimento da TV precisávamos de um lugar para ser a sua produtora, então o reitor do Seminário de Leiria, do qual éramos vizinhos, cedeu-nos um espaço dentro do seminário: assim começaram os novos programas para o público português.

Neste período recebemos um pedido de Dom Augusto César, que era Bispo de Portalegre, para a abertura de uma nova casa: para ajudar nestes novos desafios foram transferidos mais missionários para a nossa missão, cá em Portugal.

Alguns destes vieram morar e trabalhar em Fátima, na casa das Irmãs reparadoras: lá o espaço servia para a produção e também usavam outra sala para estúdio.

Em 2002, adquirimos, em Fátima, uma casa que atualmente funciona como a nossa Casa de Missão.

Depois vieram e foram embora vários missionários que juntos fizeram, contribuíram, deram a sua vida e as suas lágrimas, para que essa missão chegasse, onde está.

Atualmente tocamos concretamente em muitas conquistas e vitórias de Deus nesta missão. A Rádio Canção Nova em Portugal foi adquirida em 2007, um outro meio potente de envangelização nesta missão; a nossa livraria no shopping Fátimae; as transmissões diárias em direto do Santuário de Fátima, o site www.cancaonova.pt com atualizações diárias, onde o internauta pode acompanhar 24h a programação completa da Rádio e TV Canção Nova em Portugal e interações através das redes sociais.

A Comunidade Canção Nova percorre todo Portugal, e vários países europeus, realizando encontros de oração e levando a Palavra de Deus, e mais longe ainda, chega o Sistema de Comunicação Canção Nova em Portugal (TV, Rádio e Internet), que atinge milhares de lares portugueses, e fora de Portugal.