Vocação

Toda a pessoa que se candidata a ingressar na Canção Nova deve passar por um tempo de experiência e de discernimento. Após os contatos iniciais, possibilitando certo conhecimento do candidato, se ele apresentar sinais positivos de vocação à Canção Nova, será convidado a expressar por escrito o seu pedido para iniciar a experiência de candidato e como tal ser acompanhado.

Neste tempo, o candidato empenha-se em conhecer a Canção Nova, o seu Carisma e Missão, o seu modo de vida, as suas atividades. Procura viver já no próprio ambiente aquilo que a Canção Nova vive. Sempre que possível, participará da vida e das atividades da Casa de Missão à qual está próximo.

Uma autêntica vocação Canção Nova reconhece-se na busca de santidade no dia-a-dia, no desejo que se manifesta em colocar Deus em primeiro lugar, em tudo na nossa vida. O agir Canção Nova já está, mesmo que em embrião, naqueles que almejam esta vida.

É necessário reconhecer em si traços do carisma que vivemos na vida quotidiana, verificar as três virtudes específicas, que são o tripé de um consagrado nesta obra: orante, fraterno e trabalhador. Estas três características são inerentes à nossa vida, e não se trata apenas de esforçar-se para viver, mas de SER.

Existe uma equipa que surgiu da necessidade de fornecer um acompanhamento para dezenas de jovens que aspiram à vida comunitária e sentem-se atraídos pelo carisma desta obra de Deus.

Realizamos um trabalho de orientação vocacional, que vai desde o primeiro contato com a equipa – quer seja por carta ou e-mail – até ao processo de acompanhamento e discernimento vocacional, que acontece por meio de cinco encontros anuais antes de se entrar para a Comunidade.

O primeiro passo que o candidato deve dar é o de escrever uma carta ou e-mail formulando o seu pedido para iniciar o caminho de discernimento vocacional. Após a solicitação, o departamento entra em contato com o jovem fornecendo-lhe as informações sobre a caminhada e os requisitos exigidos para o início do processo de apreciação. Preenchendo todos os requisitos, a pessoa inicia, por aproximadamente dois anos, o chamado “caminho vocacional”.

Essa etapa acontece na Casa de Missão mais próxima do candidato; dessa forma, será acompanhado por um membro consagrado que resida no local. No segundo ano de discernimento, o jovem poderá ser encaminhado para fazer os encontros na sede da comunidade, em Cachoeira Paulista (SP), a fim de conhecer melhor a obra aproximando-se dela e dos membros.

Caso a equipa verifique que a pessoa realmente esteja preparada e tenha os traços do carisma para fazer uma experiência de vida comunitária, ela será chamada a viver, por um ano, na casa mãe da comunidade católica. Este período, chamado de pré-discipulado, é uma oportunidade para que o candidato tenha contato com as várias realidades da Canção Nova: carisma, trabalho, missão, formação, princípios e vivência.

Neste tempo, a pessoa é acompanhada por um formador que faz com ela um caminho de verificação da sua vocação para que possa, ao final dessa etapa, ingressar no discipulado dessa obra de Deus.